Informações

Governador visita Central de Liberação do Cartão Bolsa Escola




Clique na imagem para ampliá-la

O governador Flávio Dino realizou visita à Central de Liberação do Cartão Bolsa Escola (Mais Bolsa Família), em funcionamento desde o dia 11 deste mês. Acompanhado do secretário de estado do Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, e do vice-presidente da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão, o governador conheceu o sistema de atendimento que serve tanto para desbloqueio dos cartões como também para ouvidoria aos beneficiários do programa.

Na visita, o governador aproveitou para realizar pessoalmente dois atendimentos na central telefônica gratuita de desbloqueio, que tem recebido cerca de 5 mil ligações por dia. Em contato com uma mãe beneficiária da cidade de Araioses, Flávio Dino realizou um dos desbloqueios de cartão junto com as atendentes de telemarketing.

Ao final do atendimento, Dino destacou a importância do programa para a autonomia dos estudantes, mas também como estímulo ao comércio local. “É um processo completo de um programa complexo que envolve várias instâncias de serviços públicos. O Governo do Estado financia o programa e garante que o cartão chegue até as mães que precisam e essa Central provém todos os usuários das informações necessárias”, disse Flávio Dino.

A Central telefônica, que funciona em São Luís, auxilia no desbloqueio do cartão de débito do programa do Governo do Estado e também tira dúvidas dos beneficiários. As ligações são gratuitas de qualquer lugar do Maranhão, inclusive originárias de celulares de qualquer operadora. O serviço funciona de domingo a domingo, das 8 às 20h.

O cartão de débito para a compra dos materiais compreendidos pelo conceito de material escolar está chegando aos beneficiários, nos municípios, através dos Correios, acompanhado de uma carta com orientações básicas sobre a execução do programa no Estado. Um dos critérios de participação do Bolsa Escola (Mais Bolsa Família) é que a família esteja inserida no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal.

O secretário de estado do Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, avaliou positivamente os primeiros dias de operacionalização da Central de Atendimentos do Bolsa Escola (Mais Bolsa Família). Evangelista esclareceu que, após o desbloqueio dos cartões, o recurso disponível na conta do beneficiário poderá ser utilizado cerca de 72 horas depois. Ele explicou que esse espaço de tempo é devido à verificação dos dados feita pelo banco que realiza o pagamento do benefício.

“A central de desbloqueios e informações é um importante instrumento de comunicação direta com os beneficiários, essencial para a boa execução do programa, além de ser canal para denúncias em casos de uso indevido do cartão Bolsa Escola”, disse Neto Evangelista.

Benefício – O Programa Bolsa Escola (Mais Bolsa Família), desenvolvido pelo Governo do Estado, tem como objetivo beneficiar mais de 1 milhão de estudantes da rede pública de ensino, com recursos para a compra de material escolar, inclusive fardamentos e calçados, nos estabelecimentos comerciais habilitados pela Sedes para realizarem a venda. O repasse em cota única foi liberado pelo Governo do Maranhão, desde o último dia 10 deste mês, conforme compromisso do governador Flávio Dino. O saldo terá validade de 90 dias após o desbloqueio.

Cada aluno da rede pública estadual com idade de 4 a 17 anos, contemplado pelo programa, receberá o benefício anual de R$ 46,00 para adquirir o material escolar necessário para o ano letivo. A transferência de renda é feita com investimento exclusivo do Governo do Maranhão.

 IMG_8366





Secretária de Estado do Desenvolvimento Social - SEDES/MA
Rua das Gârdenias, Qd. 01, nº 25,  Jardim Renascença, São Luís - MA
CEP: 65075-080
0800 098 1656
 

Todos os direitos reservados © NTI - SEDES